sábado, fevereiro 09, 2008

O cheiro suculento do molho da galinha subia-lhe pelas narinas

“O cheiro suculento do molho da galinha subia-lhe pelas narinas, a fragância das batatas assadas, do dourado puré de nabos e dos biscoitos quentes faziam-no desfalecer, assim como o cheiro doce do mel, dos pêssegos de conserva e o perfume embriagador das tortas quentes, de passas.”

“Há sempre um amanhã”, Pearl S. Buck


O meu jantar não vai ser exactamente assim, mas acho que oefeito sobre os meus sentidos vai ser parecido... :)

Para sobremesa encomendei uma derrota dos lagartos, estou com um pressentimento que vai estar esgotada. Tem tido muita saida. Mas ainda há muito tempo até ao fim do jantar. Talvez tenha sorte.

Enviar um comentário