quinta-feira, setembro 11, 2008

Foi para beber cerveja que o homem se tornou agricultor.

in público

Ai está. Os rios de cerveja que correm em coimbra, não são mais do que a manifestação dos nossos instintos naturais. E, assim como na antiguidade a bela da "loura fresquinha" serviu de impulso para a criação da agricultura, imagine-se lá o que poderá sair de Coimbra!!
Enviar um comentário