quinta-feira, junho 26, 2008

16 de Abril de 1178 a.C.


in Público 26/06/2008:

"Descobriram assim quatro eventos astronómicos relevantes, como explicam no seu artigo: em primeiro lugar, o dia do massacre é várias vezes referido por Homero como sendo um dia de Lua Nova (um pré-requisito para poder haver um eclipse total). Em segundo lugar, seis dias antes do massacre, no dia em que Ulisses acostou em Ítaca, quando acordou, umas horas antes da alvorada, Vénus estava bem visível no céu. Terceiro: 29 dias antes do massacre, quando Ulisses zarpou da ilha de Ogígia, onde fora retido pela ninfa Calipso durante sete anos, as constelações das Plêiades e do Boieiro eram visíveis ao mesmo tempo ao crepúsculo. Por último (e este é o primeiro evento por ordem cronológica), 33 dias antes do massacre, Homero refere que Hermes, o mensageiro dos deuses, foi enviado para ocidente por Zeus, para Ogígia, entregar uma mensagem (a seguir, Calipso libertaria Ulisses). Para os dois cientistas, isto significa que, na madrugada desse dia, Mercúrio, o planeta que tem o nome latino do deus grego Hermes, se encontrava no ponto mais ocidental da sua trajectória no céu."

"E encontraram uma única data compatível em todo esse intervalo de tempo: 16 de Abril de 1178 a.C. - ou seja, exactamente o dia em que houve um eclipse de Sol total por cima do mar Jónico! Sem esquecer que a hora do eclipse, logo após o meio-dia, também corresponde ao relato homérico, que precisa que os pretendentes se aprontavam a almoçar."
Enviar um comentário